Pesquisador de educação nativa indígena e meio ambiente participa do congresso como palestrante

Daniel Wildcat é um dos três conferencistas estrangeiros convidados para compor a programação do IV Congresso Internacional de Literatura e Ecocrítica organizado pela ASLE BRASIL e pela Faculdade de Letras da Universidade Federal do Amazonas. Ele é diretor do Centro de Pesquisas Ambientais da Haskell Indian Nations University no estado do Kansas nos Estados Unidos.

Ajudou a criar em 2012 o American Indian and Alaska Native Climate Change Working Group, um centro que reúne faculdades indígenas e organizações sociais preocupadas com as mudanças climáticas, e a planejar no ano de 2008 uma proposta de redução de danos dessas mudanças a longo prazo para as próximas sete gerações, a fim de direcionar estratégias de entendimento, adaptação e mitigação, de assumir responsabilidades contra o aquecimento global.

            Escreveu o livro Red Alert!: saving the planet with Indigenous Knowledge, nele trabalhando contra o mito de que a humanidade é o centro da criação e controladora do mundo natural. Defende as crenças dos nativos americanos sintonizadas com a natureza para combater o aquecimento do planeta.

Também publicou em co-autoria Power e Place: indian education in América com ensaios sobre as experiências de índios nas escolas e universidades, defendendo a importância da força e do pertencimento de lugar na natureza das identidades étnicas individuais e comunitárias. Para os autores, a metafísica ocidental reserva aos indígenas o conhecimento religioso do mundo natural, impressão excludente do acesso ao conhecimento científico e isso institui uma problemática pedagógica. Wildcat é defensor do ensino superior indígena e de seu valor para a sociedade, algo geralmente negligenciado em todo o mundo.


Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *